Nossa Paróquia

fachada_sp

Paróquia São Pancrácio em 2016

A história da Paróquia começa em 1949, quando a Diretoria da Companhia S/A Auto-Estradas , tendo como responsável o engenheiro britânico Louis Romero Sanson fez a doação de um terreno de 2.812m2 para a construção de uma Igreja.

Na época o Cardeal Arcebispo de São Paulo era o Eminentíssimo Dom Carlos Carmelo de Vasconcellos Motta, cujo título de cardinalato foi tirado da Basílica de São Pancrácio em Roma. Em homenagem ao Santo do seu título, foi criada canonicamente, por Decreto de 02 de abril de 1949, a Igreja Matriz de São Pancrácio, no bairro de Interlagos.

Em 30 de março de 1950, concretizou-se a doação do citado terreno à Mitra Arquidiocesana de São Paulo pela Companhia S/A Auto-Estradas, para a construção da Igreja Matriz de São Pancrácio. A pedra fundamental para consolidar a futura construção da Igreja foi lançada em 19 de abril de 1953.

O Cardeal Motta entregou a Paróquia de São Pancrácio de Interlagos para os Missionários Oblatos de Maria Imaculada, Padres e Irmãos Norte Americanos. Inicialmente, foi construída uma Capelinha de Madeira onde era rezada uma missa, uma vez por mês. Não se sabe bem a causa, mas o projeto de construção da Igreja de São Pancrácio não progrediu. Tudo indica que o desenvolvimento rápido de bairros vizinhos mais populosos favoreceu a edificação de outras Paróquias que acabaram atraindo maior freqüência de fiéis. Assim , a Paróquia de São Pancrácio deixou de ser a Sede e passou a depender da vinda de um vigário da Igreja Imaculada Conceição.

A partir de 1977, um pequeno grupo de moradores da região de Interlagos começou a se organizar e a angariar fundos para construir uma Capela de alvenaria, em substituição à pequena capela de madeira existente. Em 1981, este grupo de pessoas, liderado pelo Padre Antonio da Torre, conseguiu erguer a nova capela em apenas três meses. Padre Antonio ficou como vigário coordenador de 1979 a 1985.

 

A inauguração da nova Capela aconteceu em 20 de setembro de 1981

Em 1985, um grupo de senhoras do Bairro iniciou um trabalho em prol de dois objetivos: o de ajudar os menos favorecidos e o de ampliar as instalações da Paróquia, através da construção de uma residência e um Salão Paroquial, para poder solicitar à Diocese um pároco residente.

No dia 20 de março de 1996, Dom Fernando Antonio Figueiredo, atual Bispo da Diocese de Santo Amaro, restituiu o título de Paróquia à Comunidade de São Pancrácio.Essa vitória trouxe muita alegria à comunidade que recebeu o Padre Hewaldo Elielson de Souza com muito carinho.

Iniciou-se uma fase de progresso e desenvolvimento da Paróquia, com a criação das Pastorais e com o maior envolvimento dos paroquianos. Em maio de 1999, ano de comemoração do JUBILEU DE OURO da Paróquia, foi inaugurado o Salão Paroquial e promoveu-se a ampliação da Capela , obra concluída no mesmo ano. A inauguração das novas instalações da Paróquia aconteceu no Natal de 1999 e contou com a presença do Bispo da Diocese de Santo Amaro, Dom Fernando Antonio Figueiredo , de autoridades da região e de inúmeras personalidades convidadas para a festa de congraçamento junto à Comunidade de São Pancrácio.

Em 2004, assumiu a direção da Paróquia São Pancrácio o Padre Savério Licari. O período em que dirigiu a Paróquia – até 03 de fevereiro de 2013 –  foi marcado por grande legado espiritual com a divulgação da importância da liturgia através das suas homilias e dos cursos que ministrou nesse período. Foi também grande apoiador e incentivador das obras sociais desenvolvidas pelo Centro Comunitário São Pancrácio.

Em 17 de fevereiro de 2013, tomou posse como pároco da Igreja o Monsenhor Joaquim Henrique Camargo, original de São Paulo, vindo da Paróquia Sagrado Coração de Jesus ( Diocese de Santo Amaro), tendo ainda exercido anteriormente seu sacerdócio à frente das Paróquias  Nossa Senhora de Lourdes, Nossa Senhora da Consolação e Nossa Senhora de Fátima.